-->

segunda-feira, 14 de abril de 2014

DIY: letras em cortiça - Cork Board Letters


"You know all those things you've always wanted to do?
You just should go do them."

Tenho um caderninho onde anoto frases que li e com as quais me identifiquei naquele momento. Partes de livros, citações, diálogos de filmes... Foi assim com a pergunta/resposta que abre este post, com a sutil diferença de que, desta vez, logo abaixo, anotei a minha versão:

You know all those things you've always wanted to have?
You just should go DIY.

E assim sigo fazendo eu mesma algumas versões de coisas que eu vejo e tenho vontade de ter. Procuro reutilizar ao máximo coisas que já tenho em casa (reduce reuse recycle ;)), estimulando minha criatividade e, de quebra, fazendo uma espécie de terapia ocupacional ao colocar a mão na massa.
E, como uma ideia "puxa" outra, sigo com outra citação do caderninho:

"Tudo nasce de uma necessidade." (Piero Fornasetti)

Agora explico. Há tempos eu precisava de um mural ao lado da escrivaninha. Mas não queria algo que passasse a maior parte do tempo bagunçado. Já tenho diversos caderninhos, pastas de recortes de revistas, pastas virtuais, cadernos no Evernote... Anoto ou guardo coisas legais e inspirações em cada um deles dependendo de onde estou quando "colhi" a inspiração. Então você imagina que não dá pra deixar tudo completamente organizado e eu acabo "perdendo" coisas. Quando digo perdendo, na realidade quero dizer que, às vezes, encontro algo muito legal que me inspira a criar alguma coisa ou apenas me dá vontade de reproduzir, mas esse algo se perde em meio a tantas anotações e eu acabo o esquecendo.


Por isso queria um lugar bonitinho onde eu pudesse deixar apenas algumas poucas coisas de realização mais imediata ou que, só de olhar, me trouxessem a motivação que eu estivesse precisando. Entende? Por isso as letras e não um quadro de cortiça comum.
Elas existem prontas pra vender na Urban Outfitters. Mas como aqui não tem uma dessas logo ali na esquina, as tais letras entraram na categoria de "coisas que gostaria de ter" e daí pra passarem à categoria "deveria fazer eu mesma" foi um pulo. ;)
A reprodução foi quase literal. Meu toque ficou por conta apenas da pintura branca, já que as letras originais são de cortiça natural. Usei uma peça de cortiça de 6mm, estilete, tinta branca e fita adesiva dupla-face. Escolhi uma fonte mais pesada e larga e imprimi como molde. Transferi o risco para a cortiça com a ajuda de papel carbono, recortei com o estilete, pintei e fixei na parede com dupla-face (a fixação, vai depender da superfície. Talvez precise daquela dupla-face mais resistente).





Pra pendurar as coisinhas, alfinete curtinho de cabeça branca.
Ah, e optei pela fixação na vertical, pois preciso colocar um armário ali ao lado, pra organizar mais ainda a baguncinha. ;)

Nas fotos você vê mais três diy made by Karen: adesivo pacmanluminária e caixa forrada com tecido.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Tapete "de vaquinha" - Cowhide rug


Quem me conhece sabe que eu adooooooro um tapete "de vaquinha". Sim, eu chamo assim! Não tenho pretensões de ser politicamente correta e defender o não abate de animais, etc... Não sou vegetariana (como boa gaúcha) e já que comemos a carne... Claro que não espero que todos concordem comigo, mas a verdade é que até que eu não tive o meu (que acabei comprando em Gramado-RS), não sosseguei.  E pra provar minha teoria de que ele combina com tudo, com qualquer ambiente clássico, moderno, rústico... este post tem tapete de vaquinha até no banheiro. :)


Espero que curtam estas inspirações. Se não pelo tapete, pelos belos ambientes. As referências e mais algumas inspirações estão neste meu board do Pinterest. 

PS1: A minha amada vaquinha já esteve em meu antigo quarto e hoje está na sala de tv (dá pra ver um pouco nesse post).
PS2: E o papel de parede de leopardo, hein? Incrível, né? É um mural diy! Veja aqui.

quinta-feira, 27 de março de 2014

DIY: Valentino Inspired iPhone Case


Um diy rapinho pra inspirar quem tem retalhos de couro por aí. Já viu as cases pra iPhone Valentino? Dá uma olhada aqui
Eu reproduzi uma com restos de couro que ganhei de meus tios que tem fábrica de carteiras e gastei bem pouquinho comprando umas tachas douradas. Uma case Valentino Garavani original custa cerca de R$ 1.200,00 por aqui. 


Não tem mistério: medir, cortar, aplicar as tachas e colar. Quanto à cola, eu usei uma cola em gel que tenho em casa e que serve para diversos materiais. Aviso: cola instantânea tipo Bonder não funciona, nem cola quente. Pra ficar ainda melhor, leve no sapateiro pra passar uma costurinha lateral.  


E aí? Curtiu? Me conta?


quarta-feira, 5 de março de 2014

Achados para download


Compartilhando achados bem bacanas para download:
1. tags para organizar a cozinha via blog worldlabel
2. ilustração Linda-Morena da Erica do HomeSweetener (parceira super talentosa do DIY Coletivo SOS Decor)
3. chalkboard gift tags via elli blog
4. app Phoster para fazer posters (iPhone e iPad). Eu uso e já fiz até convites usando esse app. Bem legal!


sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

DIY: Quadro caveira florida


Olá! Bem vindo a mais uma edição do DIY Coletivo SOS Decor*. Você que me acompanha, já entendeu que, mensalmente, eu e um grupo legal de blogueiras, inventamos um diy diferente, lançamos a ideia em nossos blogs e lá na fanpage do grupo, convidando você a criar de acordo com o tema proposto e aí publicamos também as suas criações (veja aqui como). Um ótimo convite à criação e de quebra uma divulgação bacana, não acha? Então bora participar?
O tema deste mês foi TECIDO. Sem limites para a criatividade, apenas usando o material (que é cheio de possibilidades, não?) e mantendo a filosofia do Coletivo (bom, bonito e barato, se encontrando sob forma de boas ideias ;))
Minha escolha, novamente, foi algo pra parede. Juro que não foi intencional. Eu nem havia me dado por conta até que a Carla comentou no post da última edição: "... Acho que decoração de parede virou sua marca registrada." Pois é, parece que sim, mas dessa vez ao menos foi algo menor, Carla ;) Acho que demorei tanto tempo pra começar a "vestir" as paredes desde que me mudei, que agora estou meio obcecada!
Acabei fazendo um quadrinho com tudo que estava deixado de lado por aqui: tecido, flores artificiais e moldurinha comprada há cerca de 10 anos na Tok&Stok (acho que nem comercializam mais, mas a reprodução é válida em qualquer modelo de moldura ;)).


O PAP é bem simples: primeiro você prepara a base da moldura, pintando com spray e depois providencia as firulas :)

1. Ressucite a velha moldura, limpando-a bem e pintando todas as partes com spray preto.

2. Prepare o fundo florido do quadro, cortando os cabos e receptáculo das flores e fixando-as com cola quente na base da moldura, formando um quadrado central de flores. Um backdrop pra caveira :)

3. A seguir, prepare a caveira assim: cole fita dupla face larga no verso do tecido, com um marcador permanente, faça o desenho da caveira (molde no final do post ;)) e recorte.



4. Aí é só retirar a segunda película da fita dupla-face, ajeitar sobre as flores, colocar o vidro e escolher o melhor lugar pra pendurar o quadro. 
Aqui em casa, ele agora faz parte deste corner que tem de tudo um pouco e está em constante construção :)







Pra finalizar, deixo aqui meu desenho da caveira, se você quiser imprimir e usar como molde. É só clicar sobre a imagem e salvar aí no seu computador.







Agora te convido a conferir o que as outras meninas aprontaram com este material tão cheio de possibilidades! É só clicar nas imagens abaixo.






* O DIY Coletivo SOS Decor é um coletivo que de blogueiras que adoram um desafio para transformar, elas mesmas, suas casas em verdadeiros "sweet homes". Aqui o bom, bonito e barato se encontram sob forma de boas ideias. Visite nossa fanpage. Você pode participar também.




Veja nos links abaixo as participações do Pot-pourri da Karen nas edições anteriores do DIY Coletivo SOS Decor:
2. Outubro/2013: Upcycling (a ordem foi resgatar algo do latão de recicláveis)

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Inspiração: as portas de Paraty


Tem coisas que são tão lindas e inspiradoras que eu desejaria tê-las produzido. Tem outras que são tão inspiradoras e óbvias que 'como não pensei nisso antes?' Tem outras ainda que são tão inspiradoras que me fazem desejar ser parte delas. Como as portas do centro histórico da cidade de Paraty-RJ, tão lindas que eu quis ser parte daquele cenário. Nem que fosse apenas por um momento. E assim foi.












O centro histórico da cidade remonta aos idos de 1820, quando todas as construções eram regulamentadas por lei. Hoje é patrimônio histórico considerado pela UNESCO como "o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso".
Paraty vale a viagem pelo flanar pelas ruas do centro histórico, pela caminhada no calçadão ao longo do rio Perequê-Açú, pelo passeio de barco pelas ilhas da baía de Paraty (são cerca de 65)...
Uma dica para um passeio particular de lancha: no cais do centro histórico, procure pela lancha Proteção, do seu Antônio, mais conhecido como 'Tuinho' (simpático, solícito e discreto na medida).
Ah, e não deixe de provar o drink Jorge Amado, feito com uma cachaça local de nome Gabriela, a base de canela. Uma delícia. 

Um beijo especial às minhas colaboradoras nessa missão obsessão fotográfica: destaque para a modelo mama Doraci e pra filhota que também fez as minhas fotos. Amo vocês!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...